Atins e o sossego do Maranhão

atins 2
Continuando os post sobre Rota das Emoções, hoje vou escrever sobre a Atins.
Atins foi a segunda parada da minha viagem pela Rota das Emoções, começamos por Barreirinhas, que contei sobre aqui. 
Atins é um pequeno povoado de ruas de areia (veja bem, areia, não terra), é um dos lugares para conhecer os Lençóis Maranheres e é famoso por kite surf no Maranhão –o vento é constante quase o ano inteiro.
Chegamos a Atins depois de um roteiro de barco, com praias e dunas que invadem o rio Preguiças, um farol com vista incrível e Caburé, na foz do rio. Também é possível tomar uma Toyota de Linha em Barreirinhas ou pegar um barco, mais conhecido com voadeira, direto para a Atins.
Lençóis (219)
Pousada da Mara e seus ladrinhos coloridos

É um pequeno povoado com algumas opções de pousadas, bares e restaurantes. É tudo bem pequeno em Atins, só existem 10 pousadas. Ficamos na pousada Flamboyant, a pousada da Mara, uma maranhaense que mora na Noruega e conversa em norueguês com os mais de 10 cachorros do local. A pousada é muito bonita e aconchegante. A gerente Gabi é super gente boa e ajudou bastante na hora de fechar passeios e indicar locais para comer.Leve dinheiro em espécie: nenhum lugar aceita cartão, não há bancos, o sinal de celular é instável e existem poucos pontos de acesso à internet. Quem procura sossego, vai encontrar em Atins.

Lençóis (202)
Pôr do sol e a Revoada

Lençóis (183)

 

O primeiro passeio que fizemos foi a Revoada dos Guaras. O passeio é legal, mas achei que fosse ver mais pássaros e por isso considerei totalmente dispensável. O visual do por do sol com os pássaros é bem bonito. Pagamos 40 reais por pessoa.

A noite, ao lado da nossa pousada, tinha uma outra pousada chamada Maresias, com um restaurante italiano. O dono do restaurante é italino  e famaso por suas aulas de kitesurf. Comemos um pizza marguerita delicosa por 56 reais.

praia_atins
Praia de Atins
No segundo dia em Atins, acordamos e fomos à praia de Atins. A praia é bem perto da foz do rio Preguiças, por isso não tem ondas e é bem rasa. É bem bonita e bem deserta. Lá em Atins tem várias escolas de Kite Surf, acho que o vento e o mar calma atraem bastante gente. Não fizemos aulas, porque era bem caro , 250 reais por cada hora de aula.

O melhor dessa viagem ao Nordeste foi descobrir que a água do mar é quente. Poderia ficar horas nessa praia com águas quentes e não com pouquissimo sal, já que é pertinho do rio.

Depois andamos pelo vilarejo, que é bem simples. Vira e mexe tem uma vaca ou cabrito correndo no meio da rua, que são todas de areia.  Existe alguns restaurantes , até bem bonitos no Centrinho da Cidade.

Almoçamos no restaurante Céu Aberto, comida simples. O pessoal do restaurante foi na nossa pousada e nos pegou de quadriciclo, que é o principal meio de transporte da cidade.

Lençóis (247)
Dentro do 4×4, tentando não passar mal

No dia seguinte, fechamos um passeio para a Lagoa da Capivara. Assim como em Barreirinhas, o pessoal do passeio foi de carro até a pousada para pegar todo mundo. Embarcamos no 4×4 no meio dos sacolejos por mais ou menos 40 minutos.

Lençóis (243)

Depois dos sacolejos, andamos mais 1 hora a pé pelos Lençóis. Que coisa mais maravilhosa! Essa parte dos Lençóis é bem diferente da parte de Barreirinhas, tem muito mais verde e menos gente. Caminhamos muito tempo sem encontrar nada, além das pegadas de cabrito.

Lençóis (343)
Uma das lagoas no caminho para a Lagoa da Capivara
Lençóis (257)
Chegando na Lagoa
Lençóis (344)
Lagoa da Capivara
Lençóis (314)
Águas Cristalinas

A Lagoa Capivara é uma das lagoas mais fundas dos Lençóis . Segundo o guia, a lagoa facilmente cobre uma pessoa. Ela é enorme e super deserta. Perto da Lagoa tem vários outras lagoas, assim como em Barreirinhas. É lindo demais. Água quente, sem ninguem para pertubar e cristalina.

Na volta paramos no Canto do Atins para comer o famoso camarão. O camarão famoso é da Luzia , mas todos os locais falaram que o melhor hoje é do seu Antônio, irmão da Luzia. O pessoal falou que a fama subiu a cabeça de Luzia, que brigou com seu irmão Antônio, e por isso, ele levou a cozinheira da  Luzia, que é sua mulher, e abriu um restaurante em frente ao dela.

O prato principal é o camarão grelhado, que acompanha arroz, farofa e feijão de corda. No restaurante do Seu Antônio custa 80 reais , super bem servido. Eu e Sidney ficamos passando mal de tanto comer. Na Luiza custa 30 reais meia porção, mas falaram que o do Seu Antônio é mais bem servido.

Ficamos dois dias em Atins e já no dia seguinte pegamos nosso transporte para Jericoacoara. Pegamos uma voadeira até o Caburé e embarcamos para outro estado.

GASTOS EM ATINS

  • Revoada dos Guarás: 40 reais.
  • Passeio Lagoa da Capivara: 70 reais
  • Voadeira até Caburé: 25 reais.

COMIDA EM ATINS

  • O restaurante da Dona Luzia e do Seu Antônio no Canto do Atins já fazem parte do passeio e são imperdíveis.
  • Tem várias opções de restaurantes no Centrinho, indico o Maresias e as pizzas.

QUANDO IR 

  • A melhor época para visitar os lençóis com as lagoas mais cheias são nos meses de Junho a Julho

 

Post relacionados

Deixe uma resposta